16 março, 2009

A ouvir


Tom Jobim, em 1987, decidiu recriar alguns dos seus clássicos e grava-los em colaboração com músicos de eleição, como Jaques Morelenbaum e Danilo Caymmi.
Dessas sessões surgiram algumas das versões mais geniais do imaginário da Bossa Nova. Logo a abrir, um Wave instrumental, com uma dinâmica irrepreensível. As 23 faixas que se seguem são uma boa surpresa, incluindo algumas músicas do maestro que pela primeira vez se ouvem por voz própria.

Tom Jobim - Inédito (C) 1987 / 1995 EMI / Jobim Biscoito Fino

1 comentário:

DYR ELL disse...

adoro tom jobim :D

nem todos os nossos gostos são diferentes eheh ;D

a entrevista está enviada...aguardo resposta eheh :D