18 dezembro, 2008

And so this is Xmas...

Sufjan, há uns anos, lembrou-se de oferecer umas prendas de Natal originais. Gravou umas musicas em casa, com os amigos e os intrumentos que aparecessem, passou-as para um CD, fez cópias e ofereceu aos amigos e à família. Gostaram tanto que no ano seguinte, S. repetiu a receita. Fez isso durante 5 anos, e ainda acredito que o faça, a menos que esteja demasiado atrapalhado com trabalho. Fazer um álbum para cada estado dos E.U.A. não é fácil...

O resultado é este:


Um dos mais originais álbuns de Natal de sempre. Um álbum quíntuplo. Com os 5 Natais (2001, 2002, 2003, 2005 e 2006, pois que em 2004 estava demasiado ocupado a cozinhar o genial Illinoise), que o S. gravou para os amigos e família. E isso nota-se. Sente-se que há o espírito de algo que não foi originalmente feito para vender, mas sim a pensar naqueles que nos são queridos.

É por esta originalidade toda, pela capacidade de abrir novos caminhos na música, que gosto do Sufjan Stevens. Encarnou, na música, muito mais espírito de Natal que os Wham, a Mariah Carey, o tony Carreira e a Popota, o Coro de Santo Amaro de Oeiras... todos juntos... yada yada yada yada...

Here's a season to be jolly... la la la la la la la la la...

1 comentário:

Crazy Diamond disse...

Alguém teve a ideia de me oferecer o Illinois no Natal!!!
O Sufjan é um génio. Só sendo um génio é que é possível produzir música, ainda por cima, boa música, a este ritmo. Que até dá para lançar álbuns quíntuplos. Venham mais discos dele!