25 junho, 2006

Freak Show #2

Ele é o Elvis alemão, como alguém já disse. Ou o Roberto Leal da Baviera... enfim...
A sua voz grave, a forma quase hitleriana como pronuncia os RR's, os seus sucessos na música popular alemã, a sua postura hirta, segurando o microfone contra o peito, e os seus óculos escuros sempre presentes, fazem deste músico um dos meus favoritos do género.

É o grande, grande Heino!

Êxitos como Schwarze Barbara ou Blau Blüht Der Enzian fazem as delícias de qualquer apreciadora da música popular alemã (que, aliás, é uma das mais pimba do Mundo, talvez só ultrapassada pela polaca).

E as capas dos seus discos são simplesmente, fabulosas! Em cima, um dos clássicos do género pimba, o Amor de Mãe. Veja-se as rosas vermelhas e a expressão carinhosa na cara do Heino.

O amor do seu caniche também parece ser importante para Heino. É de partir o coração!


Mas reparem que o artista parece estar mais contente com o cão do que com a mãe. Pudera! Anda uma mãe a criar um filho para isto, como é que não haveria ressentimento? Aquele olhar distante sobre o ramo de rosas vermelhas (numa clarissima alusão a José Malhoa) como que a dizer - "olha o que fizeste de mim, sua matrona pindérica!" não tem preço.

1 comentário:

fernando disse...

Vou pedir mais um favor! arranja um video clip desse gajo, deve ser melhor do que o Gato Fedorento.
Faz um concurso para ver qual é o cantor mais pimba que existe na face da terra